Logo Linkedin Logo Linkedin

Linkedin: entenda o que é e como usá-lo para crescer na sua carreira

11 minutos para ler

O Linkedin está abrindo portas para milhões de pessoas no mundo todo entrarem no mercado de trabalho e crescerem na carreira.

Hoje você vai entender como ele funciona e como você pode usá-lo para aumentar as suas oportunidades profissionais.

Usando as mesmas boas práticas que você vai aprender neste guia, em 6 meses os posts que eu compartilhei por lá alcançaram mais de 1.000 pessoas nas primeiras 24 horas!

Isso me abriu portas para conhecer pessoas incríveis e receber ofertas de emprego de potenciais parceiros de negócio.

E o melhor de tudo: começando do zero e sem gastar 1 real!

Se você quer aumentar suas chances no mercado este ano, você vai ADORAR este artigo!

Vem comigo!

O que é Linkedin?

O Linkedin é uma rede social profissional com uma missão simples: conectar profissionais do mundo todo, tornando-os mais produtivos e bem-sucedidos.

Na prática, eu costumo dizer que o Linkedin é a rede para você:

  • Acompanhar as novidades e tendências do seu mercado
  • Se conectar com as pessoas mais interessantes da sua área
  • Aprender e compartilhar ideias e experiências com a comunidade
  • Ser encontrado(a) por potenciais empregadores ou parceiros de negócios
  • Contratar pessoas para a sua empresa
  • Construir o seu marketing pessoal

Se você quer explorar algum dos pontos acima, então você PRECISA estar no Linkedin.

O próximo passo é saber como usá-lo.

Como usar o Linkedin

Como usar o Linkedin

Vamos deixar uma coisa clara desde já:

O Linkedin NÃO é o seu currículo online!

Este é um erro muito comum que ainda é cometido pelas pessoas que estão criando seu perfil na rede pela primeira vez.

Um erro bobo, mas que prejudica a sua imagem na comunidade.

Ele também não é uma rede para você sair pedindo emprego a torto e a direito.

Na verdade, o Linkedin funciona do jeito oposto:

Se você quiser conquistar boas oportunidades, primeiro você tem que gerar valor.

E você faz assim com conteúdos relevantes, que mostram as suas ideias e experiências.

Todo mundo tem algo de valor para ensinar, mesmo que você esteja entrando no mercado agora.

Foque-se em gerar valor primeiro e as oportunidades virão como consequência.

Por fim, construir bons relacionamentos leva tempo e dedicação. O seu sucesso não vai vir da noite para o dia.

Você vai precisar ter muita disciplina e persistência.

Eu, por exemplo, precisei de 6 meses de publicações diárias de conteúdos de valor para atingir a marca de 1000 visualizações por post.

Sem disciplina e comprometimento, esqueça. Nenhum milagre vai acontecer.

Se você quer aprender como desenvolver a sua disciplina, recomendo este artigo:

Como construir um perfil atraente

O seu perfil é uma oportunidade incrível de você mostrar, com as suas palavras:

  • Em que você acredita
  • Quem você ajuda
  • O que você faz de melhor
  • Como você se posiciona no mercado

É aqui que você vai abrir as portas para que as mais diversas pessoas possam saber quem você é.

Este é um exemplo de como eu faço isso:

Exemplo de perfil no Linkedin

Veja agora como você também pode fazer:

Passo 1: Escolha a foto de capa e perfil

Você já sabe que uma imagem vale mais do que 1.000 palavras, certo?

Aqui a regra é a mesma.

A sua foto e a imagem da sua capa são as primeiras informações que os visitantes do seu perfil vão ver.

(E muitas vezes esta é a ÚNICA informação que eles vão se lembrar)

É importante que a sua foto do perfil seja feita por um fotógrafo profissional e que transmita profissionalismo.

Note: profissionalismo não significa que a sua foto tem que ser fria, séria e chata.

Uma foto profissional apenas quer dizer que você não vai usar uma imagem sua sem camisa na praia tomando uma cerveja.

Escolha uma boa imagem que mostre o seu rosto de forma clara e direta.

Lembre-se: você é uma marca. Cuide bem da sua imagem pessoal.

Para mais dicas sobre cuidados com a sua imagem nas redes sociais, confira este vídeo que fiz sobre este assunto:

Para a sua imagem de capa, a dica é: utilize uma imagem que defina a sua área de atuação, o que você faz ou o que você acredita.

Se você não sabe como fazer uma, no Canva você tem vários modelos prontos que você pode editar facilmente mesmo sem sem designer.

Passo 2: Crie uma descrição clara e empolgante sobre você

Nesta parte, você vai preencher algumas informações básicas e criar um resumo sobre si mesmo.

E o primeiro passo é clicar no ícone do lápis que aparece no canto direito logo abaixo da sua imagem de capa:

Botão de edição do perfil

Em seguida, preencha os campos com as suas informações básicas, como nome, título e cargo.

Dica #1: Se você está procurando uma oportunidade de emprego, então considere utilizar palavras-chave estratégias no campo “título”. O Linkedin funciona como o Google: ele vai buscar por palavras-chave na hora de mostrar o seu perfil a potenciais recrutadores.

Informações básicas do perfil, como nome, título, cargo e formação acadêmica

No meu caso, eu usei as palavras para as quais eu quero ser encontrado: Inbound Marketing, SEO, Marketing de Conteúdo e Ads (o Rock ‘n Roll foi só para dar um sabor a mais)

Deixe claro quais são as suas especializações e áreas de interesse, especialmente se você estiver procurando emprego.

Isso vai ajudar o seu potencial recrutador a te encontrar muito mais facilmente.

Evite clichês como “em busca de recolocação profissional”. Isso não ajuda ninguém a te ajudar.

Na próxima seção, preencha seus dados geográficos e de contato. Nada de especial aqui:

Campos para preencher com informações geográficas e de contato


Agora vem a parte mais criativa do seu perfil: o resumo.

Aqui é onde você vai ter a oportunidade de mostrar ao mundo quem você é, em que você acredita, quem você ajuda e o que você faz.

E você tem APENAS 3 linhas de texto para fazer isso.

Depois desse limite, o Linkedin vai esconder o seu texto sob o botão “Exibir mais”

Aqui está a forma como o meu resumo pessoal aparece antes de clicar nesse botão de exibir mais:

Botão de "exibir mais" no Linkedin

As primeiras linhas da sua apresentação têm que entregar as principais informações sobre você!

Pensando nisso, como você se resume profissionalmente em 3 frases ou menos?

Dica #2: a técnica que eu mais uso para me descrever se chama Golden Circle. Se você tiver dúvidas sobre como criar uma apresentação clara e empolgante, recomendo fortemente que assista a este vídeo.

Depois de pensar com cuidado nas primeiras 3 frases do seu texto, agora você pode explorar com mais detalhes o que você faz.

Aqui está o meu resumo completo:

O seu resumo pessoal

Dica #3: mostre entusiasmo e paixão pelo que você faz. O mundo está cheio de descrições chatas e frias.

Passo 3: Enriqueça o seu perfil com informações complementares

Esta é a parte em que você vai mostrar outras informações relevantes sobre a sua história, tais como:

  • As suas principais competências
  • A sua experiência profissional
  • Os cursos você já fez
  • As línguas você fala
  • Projetos que você já participou

Para isso, basta clicar no botão “adicionar seção” e escolher os itens que você achar mais relevantes de comentar:

Adicionar seção do perfil

3.1 Histórico Profissional:

Aqui é onde você vai falar, entre outras coisas, sobre a sua experiência.

Lembre-se de mostrar detalhes sobre o que você fazia na sua antiga empresa e cargo.

Se você gerou algum resultado legal, também vale a pena comentar aqui:

Experiência profissional

3.2 Competências:

Aqui é onde você vai destacar as suas habilidades específicas, como “excel avançado”, “edição de vídeos” ou “redes sociais”.

O mais legal desta seção é que outras pessoas podem confirmar que você realmente tem essas habilidades.

Esta é uma forma poderosa de validação social.

Veja como funciona na prática:

Competências e Recomendações

Cada número em frente às competências indica quantas pessoas as confirmaram.

Dica #4: Você pode destacar as suas 3 principais competências para aparecerem no topo.

3.3 Conquistas:

É onde você vai citar, por exemplo, as línguas você fala e os projetos você já participou:

Campo de Conquistas

3.4 Aconselhamento Profissional e Interesses de Carreira:

Por fim, avise ao Linkedin que você quer ser encontrado por potenciais recrutadores e mentores.

Para fazer isso, procure pelo painel que aparece logo abaixo do seu resumo e clique nas opções para ativá-las:

Painel de aconselhamento profissional e interesses de carreira

Complete todas estas informações e você estará pronto para começar a sua jornada pelo Linkedin!

Agora vem a próxima parte…

Como Produzir conteúdos de valor

Como vimos lá no começo, para você ter sucesso no Linkedin, primeiro você precisa gerar valor.

E você faz isso com conteúdos que vão ajudar outras pessoas a crescerem.

Alguns exemplos de conteúdos que são MUITO valorizados pela comunidade:

  • Dicas técnicas
  • Ideias sobre algum problema ou situação
  • Experiências práticas (uma situação que você vivenciou e como você lidou com ela)
  • Histórias de sucesso e de fracasso (aprender com os erros dos outros é muito menos dolorido do que errar por conta própria)
  • Críticas construtivas sobre alguma prática comum de mercado
  • Opiniões sobre novas tecnologias e avanços na sua área

Se você sabe algo sobre alguma coisa, ensine isso no Linkedin.

Acredite: as pessoas lá querem aprender com você!

E se você quiser saber como produzir seus primeiros conteúdos, recomendo a leitura deste guia que eu fiz lá no próprio Linkedin:

Bônus: Pessoas incríveis para você acompanhar no Linkedin

a você acompanhar no Linkedin

A melhor maneira de aprender a usar o Linkedin é usando.

A segunda melhor maneira é ver os bons exemplos de pessoas que estão gerando um valor imenso para a comunidade.

Aqui estão algumas dessas pessoas que eu sigo e que recomendo fortemente que você também as acompanhe.

Estou colocando links para um post muito legal de cada uma delas. Depois de lê-lo, você pode clicar no perfil delas e adicioná-las ou segui-las:

  • Ciro Bottini (sim, o da Televisão!)
  • Ricardo Jordão – Treinador de vendedores. Dá várias dicas de vendas e marketing pessoal. (Ele é bem desbocado e muito divertido)
  • Flavia Gamonar – Instrutora oficial do Linkedin no Brasil. Este é um post que todo mundo deveria ler quando entrasse na rede.
  • Dimitri Vieira – meu amigo e colega da Rock Content. Ele fala muito sobre storytelling, escrita criativa e marketing pessoal.
  • Pedro Gonçalves – Por fim, não podia deixar de citar a mim mesmo, não é verdade? Me acompanhe lá para ver dicas sobre como crescer todos os dias!

Bônus 2: Aprenda como gerar conteúdos que engajam pessoas no Linkedin com um Top Voice

Se você quer conquistar verdadeiros fãs e se destacar no mercado, você PRECISA aprender sobre storytelling.

Storytelling é a técnica de contar histórias que emocionam, engajam, criam empatia e relacionamento com as pessoas.

Pode parecer fácil, mas não é. É preciso técnica, dedicação e muita tentativa e erro.

Mas existe uma boa notícia:

O Murillo Leal, um dos Top Voices do Linkedin, publicou um livro contando como ele conquistou mais de 360.000 seguidores com conteúdos orgânicos, sem um único centavo de investimento em anúncios.

Neste livro ele ensina a fórmula de escrita para você ser reconhecido no seu mercado, gerar notoriedade no Linkedin e se destacar como profissional.

Se você também quer crescer profissionalmente usando todo o potencial do Linkedin, então eu recomendo que você confira agora este material:

Livro sobre Storytelling no Linkedin por Murillo Leal


Tudo pronto para usar o Linkedin like a boss!

Agora que você já sabe como criar um perfil incrível e produzir conteúdos que enriquecem as pessoas, é hora de pôr a mão na massa!

Comece hoje mesmo a explorar o universo de possibilidades que o Linkedin te permite.

Tenho certeza que você sairá transformado dessa experiência 😉

E se você quiser receber mais dicas de como crescer todos os dias, inscreva-se na nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos:

Um grande abraço,

Comentários no Facebook

Posts relacionados

Deixe uma resposta